Edição 547 | 05 Abril 2021

Cem vezes Clarice Lispector

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Ricardo Machado

No dia 10 de dezembro de 1920 nasceu na aldeia de Tchetchelnik, na Ucrânia, Chaya Pinkhasovna Lispector. Dois anos mais tarde, devido à perseguição a judeus durante a Guerra Civil Russa, sua família se mudou para o Brasil e a pequena garotinha passou a se chamar Clarice Lispector.

Passou a infância no Nordeste e com 12 anos foi morar, com a família, no Rio de Janeiro. Em 1941 entrou na faculdade de Direito e começou a trabalhar como redatora na “Agência Nacional” e, em seguida, no jornal A noite. Dois anos depois, casa-se com Maury Gurgel Valente e em 1944 se forma em Direito. No mesmo ano lança Perto do Coração Selvagem (Rio de Janeiro: Rocco, 2019), seu primeiro livro.


 

Dezessete obras separam seu livro de estreia de A hora da estrela (Rio de Janeiro: Rocco, 2020), último romance publicado em vida, em 1977. Recebeu alguns prêmios importantes, como o Jabuti, por seu livro de contos Laços de Família, em 1960, e o X Concurso Literário Nacional de Brasília, pelo conjunto da obra, em 1976.

No mesmo ano de sua morte, 1977, Clarice Lispector concedeu uma entrevista ao jornalista Júlio Lerner, da TV Cultura. Seus silêncios, olhares e trejeitos dão conta da complexa personalidade da autora, um dos maiores nomes da literatura brasileira do século XX.

Obras de Clarice Lispector


• Perto do coração selvagem (1944)
• O lustre (1946)
• A cidade sitiada (1949)
• Alguns contos (1952)
• Laços de família (1960)
• A maçã no escuro (1961)
• A legião estrangeira (1964)
• A paixão segundo G.H. (1964)
• O mistério do coelho pensante (1967)
• A mulher que matou os peixes (1968)
• Uma aprendizagem ou O livro dos prazeres (1969)
• Felicidade clandestina (1971)
• A imitação da rosa (1973)
• Água viva (1973)
• A vida íntima de Laura (1974)
• A via crucis do corpo (1974)
• Onde estivestes de noite (1974)
• Visão do esplendor (1975)
• A hora da estrela (1975)

Livros póstumos


• Para não esquecer (1978)
• Quase de verdade (1978)
• Um sopro de vida (pulsações) (1978)
• A bela e a fera (1979)
• A descoberta do mundo (1984)
• Como nasceram as estrelas (1987)
• Cartas perto do coração (2001) (cartas trocadas com Fernando Sabino)
• Correspondências (2002)
• Correio Feminino (2006)
• Entrevistas (2007)
• Todas as crônicas (2018)

Últimas edições

  • Edição 547

    Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

    Ver edição
  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição