Edição 210 | 05 Março 2007

Frases da semana

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

IHU Online

Bush

“Vamos deixar o milho para as galinhas, Bush!” - Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República – O Estado de S. Paulo, 2-03-2007.
“É uma coincidência que Mister Bush chega à Brasília e quase ao mesmo tempo eu chego em Buenos Aires; que Mister Bush chega a Montevidéu e quase ao mesmo tempo eu em Buenos Aires; que Mister Bush chega à Colômbia e eu chego à Bolívia: quase nos cruzamos nos aviões”  - Hugo Chávez, presidente da Venezuela – El País, 4-03-2007.
“Enquanto Hugo Chávez envolve o argentino Néstor Kirchner, o boliviano Evo Morales e o equatoriano Rafael Correa com o petróleo, Lula e Bush se abraçam com o biocombustível” - Eliane Cantanhêde, jornalista – Folha de S. Paulo, 4-03-2007.
“A relação Brasil-EUA já vai longe, como raramente se viu” - Eliane Cantanhêde, jornalista – Folha de S. Paulo, 4-03-2007.

Lula e as greves

“Penso que há abusos em greves, e não apenas no setor público. Há em outras categorias” - Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República – O Globo, 4-03-2007.

Política e Economia

"As redes sociais e a mídia gerada pelo consumidor representam para o monopólio das empresas sobre suas marcas e processos produtivos a mesma coisa que a prensa representou para o monopólio da Igreja sobre a produçao e circulaçao de idéias e informaçoes" – Marcelo Coutinho, diretor da unidade Inteligência do Ibope – Blue Bus, 1-03-2007.

“A área econômica está blindada pelo sucesso dela” - Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República - O Estado de S. Paulo, 2-03-2007.

 “Ele trabalha no escritório dele, na sua residência, mas trabalha comigo” – Eduardo Suplicy, senador, explicando a contratação, com um salário de R$ 9 mil, de Paulo Nogueira Batista Jr. – O Estado de S. Paulo, 27-02-2007.
“Ele (Suplicy) disse que era legal e que também era uma prática muito comum” – Paulo Nogueira Batista Jr., economista, explicando a sua contratação pelo gabinete do senador Eduardo Suplicy – O Estado de S. Paulo, 27-02-2007.
Dieta
"Em um país como o nosso, em que um varejão vende um quilo de legumes, verduras ou frutas pelo valor de R$ 0,20 a R$ 1, é brincadeira falar que fazer dieta correta é caro. Caro é fazer dietas da moda e pagar, por exemplo, R$ 200 por um pote de "shake" - Priscila Barsanti de Paula, nutricionista – Folha de S. Paulo, 1-03-2007.
"Vamos deixar de modismos e comer como nossos avós. Eles estavam certos" - Edson Credidio, nutrólogo – Folha de S. Paulo, 1-03-2007.

Intelectuais

"No plano da responsabilidade política, vejo três pontos que podem ser banais, mas difíceis de encontrar em conjunção no Brasil: o intelectual ser de esquerda, ser intransigente com a corrupção e ser democrático" -  Ruy Fausto, filósofo - Folha de S. Paulo, 4-03-2007.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição