Edição 503 | 24 Abril 2017

Renovação do espaço público: pentecostalismo e missão em perspectiva política

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Em sua edição de número 120, o Cadernos Teologia Pública publica artigo de Amos Yong, teólogo pentecostal e diretor do Centro de Pesquisas Missiológicas, professor de Teologia e Missão no Fuller Theological Seminary, intitulado Renovação do espaço público: pentecostalismo e missão em perspectiva política. O texto foi proferido no Fuller Theological Seminary, realizado em Pasadena, Estados Unidos.

Na apresentação do texto, o autor destaca que “atualmente, é comum pensar em missão e missiologia quando o pentecostalismo aparece no discurso acadêmico. Já a expectativa de que se leve em consideração a relação com o político e com a teologia política ou pública é menor”. Yong segue afirmando que “gostaria de considerar, ainda que muito brevemente, o que acontece missiologicamente quando pensamos no pentecostalismo e no espaço público”. Sua tese é de que “a espiritualidade pentecostal, particularmente suas práticas de oração, profecia e louvor, fomenta posturas políticas que são relevantes para a missão cristã no século XXI”.

Esta e outras edições do Cadernos Teologia Pública podem ser obtidas diretamente no Instituto Humanitas Unisinos – IHU, no campus São Leopoldo da Unisinos (Av. Unisinos, 950), ou solicitadas pelo endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Informações pelo telefone (51) 3590-8213.

Informar Cadernos Teologia Pública no. 121 e Cadenos IHU ideias no.255 e 254.

Últimas edições

  • Edição 513

    Bioética e o contexto hermenêutico da Biopolítica

    Ver edição
  • Edição 512

    Revolução Pernambucana. Semeadura de um Brasil independente, republicano e tolerante

    Ver edição
  • Edição 511

    Francisco Suárez e a transição da escolástica para a modernidade

    Ver edição