Edição 501 | 27 Março 2017

Linha do Tempo

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Leia mais notícias na página do IHU

Fome no mundo: "A humanidade está em perigo, mas não nos importamos"

“É preciso uma consciência global mais forte, que se dê conta de que a humanidade está em perigo. É preciso agir antes que seja tarde demais. Dar comida é absolutamente necessário, mas é preciso trabalhar sobre as causas dos conflitos.” É assim que Michel Roy, secretário-geral da Caritas Internationalis, comenta o alerta da ONU. Estão em risco 20 milhões de pessoas que não têm comida suficiente por causa da fome.

A reportagem é de Patrizia Caiffa, publicada por Servizio Informazione Religiosa (SIR), reproduzida no sítio do IHU.

**
A nova onda de automação e suas consequências

As novas tecnologias causarão um transtorno incontrolável e se somarão ao descontentamento social e agitação política que alimentou os votos anti-establishment para o Brexit e Donald Trump.
Estudos recentes mostram que o aprofundamento do uso da automação causará transtorno generalizado em muitos setores, e até mesmo em economias inteiras. Pior, estima-se que os países em desenvolvimento são os que mais perderão.

O artigo é de Martin Khor, diretor executivo do South Centre

**
“O Papa quer, em uma mesma missa, canonizar dom Romero e beatificar Rutilio Grande”, afirma bispo salvadorenho

“É uma coisa providencial que, por estes dias, estejamos em Roma (Itália); nunca na história algo parecido tinha acontecido. O Papa Francisco nos recebe durante toda a manhã da próxima segunda-feira, sem agenda, e o tema principal será dom Romero”, anunciou dom Gregorio Rosa Chávez, às vésperas das comemorações do 37º aniversário do martírio do beato dom Oscar Arnulfo Romero.

A reportagem é publicada por Diario CoLatino, reproduzida no sítio do IHU..

**
Brasil é ultrapassado por Albânia, Geórgia e Azerbaijão em índice de desenvolvimento da ONU

De acordo com o relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) divulgado nesta terça-feira, o Brasil avançou em alguns fatores e regrediu em renda. A queda acentuada na renda bruta per capita dos brasileiros (toda a renda do país dividida pela população total) é o principal ponto negativo. Ela caiu de US$ 14.858 (em paridade de poder de compra) para US$ 14.145.

A reportagem é de Daniela Fernandes, publicada por BBC Brasil, reproduzida no sítio do IHU.


**
ONU confirma calor recorde e diz que clima entrou em ‘território desconhecido’

Informe anual publicado nesta segunda-feira, 20, pela Organização das Nações Unidas (ONU) confirma que 2016 bateu todos os recordes de temperatura, 2017 mantém a mesma tendência e o clima mundial entrou em “território desconhecido”. Segundo os cientistas, os modelos criados nas últimas décadas para examinar o comportamento da atmosfera já não atendem aos eventos extremos pelo planeta.

A reportagem é de Jamil Chade, publicada por O Estado de S. Paulo, reproduzida no sítio do IHU.

**
Terceirização da atividade-fim pode gerar onda de demissões no país

Em novembro de 2016, o Ministério Público do Trabalho (MPT) iniciou uma campanha institucional para alertar a sociedade sobre os riscos de se aprovar a terceirização das atividades-fim, que estava em discussão no Congresso. No vídeo do MPT, dois trabalhadores que estão num “dispenser” automático de mercadorias lembram de quando tinham benefícios sociais como 13º salário, FGTS e férias remuneradas e uma carga horária regulada por lei.

A reportagem é de Flávio Ilha, publicada por ExtraClasse, reproduzida no sítio do IHU.

Últimas edições

  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição
  • Edição 543

    Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

    Ver edição
  • Edição 542

    Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

    Ver edição