Edição 493 | 19 Setembro 2016

Linha do Tempo

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Redação

A IHU On-Line apresenta seis notícias publicadas no sítio do Instituto Humanitas Unisinos – IHU que tiveram destaque ao longo da semana

'Aquarius' oferece versão de esquerda para 'Tradição, Família e Propriedade'

"Com sabedoria, 'Aquarius' deixa soltos esses fios da história, porque no mundo real, e talvez mais ainda no Brasil, nada se resolve".

Desde que apareceu a foto do elenco em Cannes, com cartazes contra o impeachment, tornou-se imediata a identificação de "Aquarius" com o público de esquerda.

Claro que a história ajuda: aos 65 anos, Clara é uma jornalista (aposentada?), viúva, fã de Maria Bethânia (que ouve em disco de vinil), morando num predinho de classe média alta de frente para o mar na praia de Boa Viagem, Recife, escreve Marcelo Coelho, jornalista, em artigo publicado por Folha de S. Paulo, 14-09-2016.

Leia o artigo completo

 

Encontro inter-religioso do Papa em Assis pertence a uma revolução em curso

Quando o Papa Francisco se somar a um encontro de líderes religiosos na próxima terça-feira em Assis, Itália, estaremos vendo pela quinta vez algo assim acontecer, a começar com João Paulo II em 1986, momento que marcou uma revolução tanto na forma como o catolicismo passou a se envolver com o mundo quanto no papel do papado como um espaço agregador de representantes religiosos moderados.

A reportagem é de John L. Allen Jr., publicada por Crux, 14-09-2016. A tradução é de Isaque Gomes Correa.

Leia reportagem completa.

 

Violência contra povos indígenas no Brasil permanece acentuada: Cimi lança relatório com 'Dados 2015

O relatório Violência Contra os Povos Indígenas no Brasil – Dados de 2015, publicado pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi), evidencia a permanência do quadro de omissão dos poderes públicos em relação aos direitos dos povos indígenas, especialmente em relação ao direito à terra, o que impacta drasticamente no direito deles viverem de acordo com o seu modo tradicional, ambos reconhecidos e garantidos pela Constituição Federal.

Leia reportagem.

 

Denúncia contra Lula tem "indisfarçável cunho político", diz ex-ministro da justiça

A denúncia da Operação Lava Jato contra o ex-presidente Lula extrapolou “limites” definidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e tem “indisfarçável cunho político”. A opinião é do subprocurador-geral da República e ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão, autor horas antes de uma dura carta aberta ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chefe maior da força-tarefa. A reportagem é de André Barrocal e foi publicada por CartaCapital, em 14-9-2016.

Leia reportagem completa. 

 

Cassado, Cunha volta sua mira para o governo Temer

Entre críticas abertas e ameaças veladas, o agora ex-presidente da Câmara indica que pode ser um problema para o novo ocupante do Planalto. Poucos minutos depois da cassação de seu mandato, confirmada pela Câmara por 450 votos a 10, o ex-presidente da Casa Eduardo Cunha (PMDB-RJ) deixou claro que não sairá de cena em silêncio. A reportagem é publicada por CartaCapital, 13-09-2016.

Leia reportagem completa.

 

Amazônia: Aplicação dos Indicadores de Bem-Estar para Povos Tradicionais, conceitos éticos para políticas justas

Pesquisadores questionam “não apenas as formas e consequências das intervenções no território amazônico, mas também as maneiras de mensurá-las. Parte-se então, da visível incapacidade dos indicadores hegemônicos avaliarem através de uma ótica adequada realidades tão peculiares quanto à amazônica. Muito antes de um erro metodológico, o interesse em avaliar práticas e realidades distintas as hegemônicas através de indicadores convencionais esconde por traz um interesse contínuo em desqualificar tais experiências, realidades e saberes mantendo-as à margem social, sob os rótulos de intangíveis, incapazes, insuficientes, precárias e improdutivas”. O artigo é de Luiz Felipe Barboza Lacerda, Psicólogo, Doutor em Ciências Sociais CAPES/UNISINOS, secretário executivo do Observatório Nacional de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida – OLMA, Docente/Pesquisador UNICAP

Confira o texto completo.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição