Edição 464 | 27 Abril 2015

A racionalidade contextualizada em Feyerabend e suas implicações éticas: um paralelo com Alasdair McIntyre

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Redação

Cadernos IHU ideias, em sua 219ª edição, traz o artigo A racionalidade contextualizada em Feyerabend e suas implicações éticas: um paralelo com Alasdair McIntyre, de Halina Leal, doutora em filosofia pela USP, palestrante do XIV Simpósio Internacional IHU. Revoluções Tecnocientíficas, Culturas, Indivíduos e Sociedades.
A racionalidade contextualizada em Feyerabend e suas implicações éticas: um paralelo com Alasdair McIntyre

A crítica de Karl Paul Feyerabend ao racionalismo universalista e a apresentação de seu “anarquismo epistemológico” conduz a uma reflexão acerca das possibilidades racionais da ciência dentro do contínuo razão-prática, no qual é identificado o papel do sujeito cognoscente em condições epistemológicas contextuais. Isto pressupõe noções como liberdade, vontade e responsabilidade individuais, as quais permitem refletir acerca das implicações éticas desta racionalidade científica contextualizada. A ética das virtudes proposta por Alasdair MacIntyre salienta a tradição de pesquisa racional, apresentando um sistema de justificação moral que defende a existência de princípios dentro de tradições, nas quais a história desempenha papel importante na compreensão da construção de valores de ação. Tendo em vista características específicas da concepção epistemológica de Feyerabend e da concepção ética de MacIntyre, o presente artigo tem por objetivo analisar as possíveis aproximações entre os pensamentos dos dois autores referidos, considerando o conceito de racionalidade expresso na abordagem de cada um.

Esta e outras edições dos Cadernos IHU ideias podem ser adquiridas diretamente no Instituto Humanitas Unisinos - IHU ou solicitadas pelo endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Ou, ainda, na versão digital.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição