Edição 463 | 20 Abril 2015

Žižek e a Teologia, por Adam Kotsko

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Redação

Publicação em Destaque
Reprodução da capa.

O Instituto Humanitas Unisinos – IHU publicou, recentemente, a 92ª edição dos Cadernos Teologia Pública, sob o título A revelação da “morte de Deus” e a teologia materialista de Slavoj Žižek. Este volume é a segunda edição que o IHU traz para o público lusófono com textos do teólogo norte-americano Adam Kotsko, professor do Shimer College de Chicago, sobre a obra do filósofo e psicanalista esloveno Slavoj Žižek.

Ao todo estas duas publicações trazem cinco textos do autor. A primeira edição dos Cadernos Teologia Pública com textos deste teólogo foi a de número 88, sob o título Política e perversão: Paulo segundo Žižek:

- Como ler Žižek, ensaio especial de Adam Kotsko, um texto introdutório à obra de Žižek que serve como guia para a leitura de seus diversos livros, publicado na Los Angeles Review of Books, em setembro de 2012; 

- O artigo Política e perversão: Paulo segundo Žižek, que dá nome a este caderno, trata-se de um artigo especial de Adam Kotsko em que o autor disserta sobre as obras São Paulo: a fundação do universalismo de Alain Badiou e de A Marionete e o Anão: o cristianismo entre perversão e subversão de Slavoj Žižek. Kotsko analisa, especialmente, a questão da lei no Capítulo 7 da Carta de Paulo aos Romanos e apresenta a interpretação da posição de Paulo sobre a lei segundo Badiou, criticada por Žižek, buscando compreender o argumento de Žižek em A Marionete e o Anão;

- Žižek e a tentativa radical de repensar a tradição cristã é uma entrevista com Adam Kotsko feita por Márcia Rosane Junges, publicada na revista IHU On-line nº 431, de novembro de 2013.

Na 92ª edição dos Cadernos Teologia Pública, A revelação da “morte de Deus” e a teologia materialista de Slavoj Žižek, os textos são os seguintes:

 - Teologia Materialista, artigo de Kotsko, pretende conectar a ontologia e a ética — elas próprias inter-relacionadas — de Visão em paralaxe (de Žižek) com a teologia. Ao colocar os conceitos a operar teologicamente, ou, em outras palavras, ao introduzir estes conceitos na teologia, reflete-se sobre a relação entre o materialismo dialético e a “morte de Deus”.

- O segundo texto, A “experiência cristã” continua: a obra de Žižek desde Visão em paralaxe, apresenta um resumo da leitura de Žižek sobre a “experiência cristã” no livro Visão em paralaxe. Segundo o autor, a ética de Žižek fala sobre o cerne do evangelho: uma amoralidade radical, não menos jovial por causa de seu rigor.

Esta e outras edições dos Cadernos Teologia Pública podem ser adquiridas diretamente no Instituto Humanitas Unisinos - IHU ou solicitadas pelo endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição