Edição 445 | 09 Junho 2014

O feminino no Gênesis

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Redação

Cadernos Teologia Pública nº 87 - O feminino no Gênesis. A partir de Gn 2, 18-25
Cadernos Teologia Pública nº 87

Cadernos Teologia Pública nº 87 publica o artigo O feminino no Gênesis. A partir de Gn 2, 18-25, do teólogo André Wénin, professor da Université Catholique de Louvain. Este artigo oferece novas perspectivas sobre o livro do Genesis, a partir da análise de sua construção narrativa. Ao iniciar seu relato com Javé afirmando “Não é bom que o humano esteja sozinho. Vou fazer para ele um socorro que lhe seja como um face a face” (Gn 2, 18), propõe-se um debate sobre a "alteridade" feminina face ao homem e a falha do reconhecimento do homem no primeiro momento em que são apresentados. A narrativa do Gênesis ilustra um modo muito humano de fazer fracassar o encontro com o outro ao cantar os louvores do outro – com toda a boa fé – e colocá-lo num pedestal, sem perceber que esta ação visa neutralizar a alteridade do outro para se proteger de sua inquietante estranheza.

Esta e outras edições dos Cadernos Teologia Pública podem ser obtidas diretamente no Instituto Humanitas Unisinos - IHU ou solicitados pelo endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Para outras informações, utilize o telefone (51) 3590-8247. A publicação também está disponível no link http://bit.ly/teologiapublica.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição