Edição 440 | 07 Abril 2014

Destaques On-Line

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Redação

Entrevistas especiais feitas pela IHU On-Line no período de 31-03-2014 a 04-04-2014, disponíveis nas Entrevistas do Dia do sítio do IHU (www.ihu.unisinos.br).

Preservação dos polinizadores, uma questão de sobrevivência humana
Entrevista especial com Márcio Rosa Rodrigues de Freitas é coordenador geral de Avaliação e Controle de Substâncias Químicas e Produtos Perigosos do Ibama.
Publicada no dia 04-04-2014
Acesse o link aqui
O processo de logística – colheita e processamento - dos diversos alimentos que dispomos nas prateleiras dos supermercados é, de alguma forma, algo relativamente claro para nós, consumidores. Porém, para além dessa questão do manejo humano com os alimentos, há um importante trabalho realizado por insetos, que não cobram nada pelo trabalho que exercem e geram uma economia anual de aproximadamente R$ 17 bilhões por ano: trata-se dos polinizadores. “Eles (os polinizadores) são basicamente a base de algumas culturas agrícolas como, por exemplo, a fruticultura. Na fruticultura a importância da polinização chega a 90% das espécies cultivadas, enquanto no geral da agricultura esse número gira em torno de 70%”, explica Márcio Rosa Rodrigues de Freitas, em entrevista por telefone à IHU On-Line.

Rio dos Sinos: um dos dez rios mais poluídos do Brasil
Entrevista especial com Arno Kayser, agrônomo, ecologista, membro do Movimento Roessler para Defesa Ambiental e um dos fundadores e atual presidente do Comitesinos.
Publicada no dia 03-04-2014
Acesse o link aqui
Entre os rios mais poluídos do Brasil, o Rio dos Sinos “tem um baixo índice de tratamento de esgoto, o qual se soma a uma grande concentração de indústrias e boa atividade agrícola. Estes fatos combinados geram muitos impactos num volume pequeno de água. (...) O trecho mais impactado vai de Taquara até Sapucaia do Sul. A partir daí ele melhora por entrar na área de influência do Jacuí”, informa o presidente do Comitesinos à IHU On-Line. O Rio dos Sinos está entre aqueles que recebem bilhões de litros de esgoto por dia. A estimativa é de que 15 bilhões de litros de esgoto são despejados diariamente nos rios do país.

"Tem de ter um parlamento paralelo para tratar das questões indígenas"
Entrevista especial com Álvaro Tukano, que participa do projeto Corredores Digitais do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT/MCT), desenvolvido em áreas indígenas do Alto Rio Negro, no Amazonas.
Publicada no dia 02-04-2014
Acesse o link aqui
“Para tratar a questão indígena, a Funai deveria ser dirigida pelos índios. Colégios e outras grandes organizações que afetam os índios devem ser dirigidos por nós ou por técnicos escolhidos por nós”, defende Álvaro Tukano, líder indígena do Alto Rio Negro, no estado do Amazonas, em entrevista concedida pessoalmente à IHU On-Line, quando esteve na Unisinos participando do I Congresso de Direito, Biotecnologias e Sociedades Tradicionais, promovido pelo PPG em Direito. Álvaro Tukano é uma das lideranças que tem articulado o debate com o poder público, reivindicando que os direitos indígenas determinados na Constituição Brasileira sejam respeitados.

O golpe e a construção da dependência financeira brasileira

Entrevista especial com Fábio Antonio de Campos, mestre em História Econômica e doutor em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Estadual de Campinas - Unicamp.
Publicada no dia 01-04-2014
Acesse o link aqui
Passados 50 anos do golpe militar que depôs o ex-presidente João Goulart, na madrugada do dia 1º de abril de 1964, pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento tentam compreender quais razões fizeram com que a ditadura se mantivesse por mais de 20 anos no país. A economia, nesse sentido, “é fundamental para entender o alcance e os limites da ditadura como instrumento do capitalismo brasileiro”, diz, à IHU On-Line, o economista Fábio de Campos, autor da tese de doutorado A arte da conquista: o capital internacional no desenvolvimento capitalista brasileiro (1951-1992).

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição