Edição 434 | 09 Dezembro 2013

As práticas religiosas dos "Sem Religião" nas comunidades virtuais

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Redação

Cadernos IHU
As práticas religiosas dos "Sem Religião" nas comunidades virtuais

De acordo com levantamentos do IBGE, desde a década de 1950 vem aumentando consideravelmente o número daqueles que se declaram não praticantes de uma religião específica. No entanto, mesmo “sem religião”, estes ainda carregam consigo práticas religiosas particulares. Isso se apresenta em todas as instâncias das sociedades, inclusive nas redes sociais. Este é o tema da edição 45 do Cadernos IHU, que traz a reflexão do professor do Instituto Teológico para leigos de São Miguel Paulista, Rafael Lopez Villasenor.

"A mudança do paradigma religioso está presente também no ciberespaço, que no protótipo da pós-modernidade possibilita uma reconfiguração social, cultural e religiosa, dado que opera de acordo com uma lógica do deslocamento de fronteiras de tempo e espaço, dentro da ressignificação de práticas sociais e religiosas”, defende o pesquisador. O fato permitiria a participação em tempo real em rituais ou práticas virtuais, afetando as práticas sociais e religiosas. “A consequência desta prática leva ao crescimento das relações entre as pessoas, através do ciberespaço, de forma vertiginosa na troca de informações e práticas religiosas que recentemente não existiam ou não eram possíveis", afirma.

Esta e outras edições do Cadernos IHU podem ser adquiridas diretamente no Instituto Humanitas Unisinos - IHU ou solicitados pelo endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Informações pelo telefone 55 (51) 3590 8247.

A partir do dia 20 de dezembro de 2013 o arquivo em PDF estará disponível. 

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição