Edição 384 | 12 Dezembro 2011

Destaques On-Line

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Redação

Entrevistas especiais feitas pela IHU On-Line e disponíveis nas Notícias do Dia do sítio do IHU (www.ihu.unisinos.br) de 06-12-2011 a 09-12-2011

Brasil perde liderança em Durban
Entrevista especial com Marcelo Montenegro, advogado, assessor do programa de Direito e Alimentação da ActionAid Brasil
Confira nas Notícias do Dia de 06-12-2011
Os primeiros dias da COP-17 demonstraram que a ratificação de um segundo acordo para o Protocolo de Kyoto “será praticamente impossível”, disse o advogado à IHU On-Line, direto de Durban, onde acompanha as negociações da conferência do clima.

“Devemos erradicar a pobreza e manter nossas florestas em pé”
Entrevista especial com Pedro Ivo de Souza Batista, membro da Associação Alternativa Terrazul, integrante da equipe de coordenação da Rede Brasileira de Integração dos Povos – Rebrip e do Grupo Articulador do Comitê Facilitador da Sociedade Civil para a Rio+20.
Confira nas Notícias do Dia de 07-12-2011
“Dependendo do enfoque, os temas propostos na Rio+20 podem ser mais uma cortina de fumaça nas soluções dos problemas de fundo, ocasionados pela crise ambiental planetária”, aponta o integrante da Coordenação da Rede Brasileira de Integração dos Povos – Rebrip.

“Essa é uma lei da produção agrícola e não tem nada a ver com o Código Florestal”
Entrevista especial com Francisco Milanez, educador ambiental, arquiteto, biólogo e membro da Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural – Agapan e da Fundação para o Desenvolvimento Ecologicamente Sustentado – Ecofund
Confira nas Notícias do Dia de 08-12-2011
“Para manter esta orgia de crescimento econômico e exportação, aprovam um código que autoriza aumentar a área plantada”, declara o ambientalista.

E se Altamira fosse a capital do Pará?
Entrevista especial com Aluízio Roberto Paiva dos Santos, mestre em Filosofia, professor da Faculade de Belém – Fabel
Confira nas Notícias do Dia de 09-12-2011
“O que se constatou ao longo da história do Pará foi uma situação de abandono promovido pelos governos, que sustentaram sua capital distante geograficamente do restante do estado”, aponta o professor da Faculdade de Belém – Fabel.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição