Edição 349 | 01 Novembro 2010

Editorial

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Redação

Segundo as estatísticas do último Censo de 2000, o espiritismo figura como a terceira religião brasileira (e o quarto agrupamento em termos de crença) atrás dos católicos com 73,8%, dos evangélicos com 15,45% e dos “sem religião” com 7,3%. Situando-se bem mais abaixo desta faixa mais representativa das adesões religiosas, ele conta com 2,3 milhões de adeptos, representando 1,4% da população. Por outro lado, impressiona a ampla aceitação de filmes, livros e novelas que abordam temas espíritas. A IHU On-Line desta semana debate este fenômeno social e religioso do cenário brasileiro.

Contribuem no debate do tema, o antropólogo Marcelo Camurça, docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora, o professor Artur Cesar Isaia, da Universidade Federal de Santa Catarina, a antropóloga Maria Laura Viveiros de Castro, professora na Universidade Federal do Rio de Janeiro, Sandra Stoll, professora na da Universidade de São Paulo, o teólogo Luiz Carlos Susin, professor na PUCRS e o jornalista André Trigueiro, professor do curso de Jornalismo Ambiental da PUC-Rio.

Agradecemos a importante contribuição de Faustino Teixeira, professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF, e sempre grande parceiro do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, na inspiração e elaboração da pauta desta edição.

Na edição desta semana publicamos também uma entrevista com professora Cecília MacDowell, da Universidade de São Francisco, Califórnia, EUA, sobre os direitos humanos e as relações de poder; e outra entrevista com Graciela Chamorro sobre a língua guarani. O físico Paulo Mors analisa o legado do matemático polonês Benoit Mandelbrot, falecido no dia 14 de outubro de 2010.

Completa a edição o artigo “Ciência e práticas de pesquisa na contemporaneidade” de Andres Kalikoske, mestre e doutorando em Ciências da Comunicação na Unisinos.

A todas e a todos uma ótima leitura, um bom feriado e uma excelente semana!

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição