Edição 338 | 11 Agosto 2010

Editorial

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Redação

Na IHU On-Line desta semana alguns economistas brasileiros discutem os rumos, as perspectivas e os desafios da economia brasileira.

A economia brasileira cresceu nos últimos anos e, segundo estimativa da Organização das Nações Unidas – ONU, o crescimento pode chegar a 7,6% este ano. Apesar da expectativa, economistas divergem sobre o potencial industrial brasileiro: alguns defendem que a economia continua passando por um processo de desindustrialização, enquanto os mais otimistas argumentam que a doença holandesa faz parte do passado da história econômica.

Na IHU On-Line desta semana alguns economistas brasileiros discutem os rumos, as perspectivas e os desafios da economia brasileira.

Participam do debate o economista e Técnico de Planejamento e Pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA, Mansueto Almeida; o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES, Carlos Lessa; o economista e pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia – IBRE, da Fundação Getúlio Vargas – FGV, Regis Bonelli; o diretor executivo do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial – IEDI, Júlio Gomes de Almeida; o professor da Universidade de Brasília – UnB, José Luis Oreiro; o professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, Fernando Cardim de Carvalho; o professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, Reinaldo Gonçalves; o professor da Universidade de Campinas – Unicamp, Fernando Sarti; e o professor da Universidade do Rio Grande do Sul – UFRGS, Fernando Ferrari Filho.

Completam esta edição três entrevistas e um artigo.

O teólogo vietnamita radicado nos EUA, Peter C. Phan, reflete sobre a possibilidade de conhecer Jesus a partir dos não cristãos, Jairo Rogge, pesquisador da Universidade e desenvolve atividades no Instituto Anchietano de Pesquisas e da Unisinos, fala sobre a história e as histórias do povo Guarani e Bianca Sordi Stock, psicóloga e professora da Unisinos, reflete sobre “Psicologia, Saúde Mental e Povos Indígenas: composição de possíveis”.

Um artigo de Eduardo de Menezes, mestrando no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Unisinos, sobre o contexto histórico da atuação sindical e a convergência midiática, complementa esta edição.

A todas e a todos uma ótima semana e uma excelente leitura.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição