Edição 302 | 03 Agosto 2009

Editorial

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

IHU Online

As religiões da profecia: Judaismo, Cristianismo e Islamismo

“Não há paz entre as nações sem paz entre as religiões; não há paz entre as religiões sem diálogo entre as religiões; não há diálogo entre as religiões sem padrões éticos globais; não há chance de sobrevivência para nosso planeta sem uma ética global, uma ética mundial, apoiada por pessoas religiosas e não-religiosas”, propõe o Projeto de Ética Mundial, liderado pelo teólogo Hans Küng.

Numa promoção do Instituto Humanitas Unisinos – IHU e do escritório brasileiro da Fundação Ética Mundial, que funciona junto ao IHU, inicia nesta semana o Programa Religiões no Mundo. Uma série de sete documentários organizada e apresentada por Küng, gravada nas grandes capitais religiosas do mundo, o programa contempla as três maiores correntes religiosas presentes no planeta: as religiões da sabedoria de origem chinesa (Confucionismo e Taoísmo), as religiões da mística de origem indiana (Hinduísmo e Budismo) e as religiões da profecia de origem no Oriente Médio (Judaísmo, Cristianismo e Islamismo). A partir dos vídeos, foi desenvolvida uma exposição de 15 banners sobre a temática, de forma sintética e didática, com conteúdos de outras duas tradições religiosas: as religiões indígenas e as religiões de matriz africana. Os programas serão exibidos e debatidos em sessões no IHU e no Centro de Cultura Mário Quintana – CCMQ -, em Porto Alegre. Após as sessões haverá um evento gastronômico com comidas típicas de cada uma das sete culturas religiosas. A TV Unisinos igualmente exibirá os documentários.

Esta edição da revista IHU On-Line, elaborada em parceria com a Fundação Ética Mundial e por ela patrocinada, pretende contribuir num melhor conhecimento das três religiões monoteístas: o Judaísmo, o Cristianismo e o Islamismo.

Contribuem neste número Carlos Frederico Barboza de Souza, doutor em Ciências da Religião, Michel Cuypers, pesquisador do Instituto Dominicano para os Estudos Orientais, no Cairo, Paulo Gabriel Hilu da Rocha Pinto, docente da Universidade Federal Fluminense (UFF), Ruben Najmanovich, rabino da Sinagoga da União Israelita de Porto Alegre, Guershon Kwasniewski, membro da Sociedade Israelita Brasileira de Cultura e Beneficência (SIBRA), Pedro Rubens, reitor e professor da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), Karl-Josef Kuschel, teólogo alemão, professor na Faculdade de Teologia Católica da Universidade de Tübingen e vice-presidente da Stiftung Weltethos (Fundação Ética Mundial), e Joe Marçal, pastor da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) e coordenador de atividades da Secretaria Permanente do Fórum Mundial de Teologia e Libertação.

Participam ainda com reflexões pontuais o teólogo francês Claude Geffré, membro do Comitê Científico da revista internacional de Teologia Concilium, o filósofo francês Marcel Gauchet, diretor de estudos na École des Hautes Études em Sciences Sociales (EHESS) e redator-chefe da revista Le Débat, e Michael Löwy, cientista social e docente na Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais, da Universidade de Paris.

A todas e todos uma ótima leitura e uma excelente semana!

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição