Edição 268 | 11 Agosto 2008

O capitalismo visto pelo cinema: Tucker – Um homem e seu sonho

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Bruna Quadros

O Centro de Apoio e Pesquisa aos Trabalhadores (CEPAT) exibirá o filme no dia 16 de agosto

Em continuidade ao evento O capitalismo visto pelo cinema, o Centro de Apoio e Pesquisa aos Trabalhadores (CEPAT) exibirá o filme Tucker – Um homem e seu sonho. A obra, de 1988, dirigida por Francis Ford Coppola, será exibida e debatida no dia 16 de agosto, sob a perspectiva do capitalismo concorrencial (mercado e Estado).

Além de proporcionar uma reflexão acerca do atual contexto de sociedade, embasado na lógica capitalista, o objetivo do evento é identificar os códigos usados em cada um dos filmes que serão exibidos, estabelecendo uma relação à compreensão científica do capitalismo. Mais do que isso, pretende relacionar o desenvolvimento do capitalismo com as atuais formas de organização econômica e social, através dos debates.
Com entrada gratuita, a exibição do filme será no Sindicato dos Engenheiros – SENGE/PR, das 8h30 às 12h30. O evento é promovido em parceria com o Instituto Humanitas Unisinos – IHU.

Sinopse

Tucker – Um homem e seu sonho conta a história da criação do modelo Torpedo pelo visionário Preston Tucker, que tinha o sonho de lançar um automóvel do futuro, logo após a Segunda Guerra Mundial. Por isso, seu carro possuía cintos de segurança, motor traseiro, freios a disco, injeção de gasolina e um pára-brisa que saltava para fora em colisões. Após conseguir apoio de investidores e de potenciais consumidores, Tucker viu seu projeto fracassar graças ao lobby das três grandes montadoras de Detroit, General Motors, Ford e Chrysler. Coppola, cujo pai foi um dos compradores do Torpedo na época, quis fazer um paralelo com suas dificuldades para montar seu próprio estúdio, o Zoetrope.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição