Edição 265 | 21 Julho 2008

Sala de Leitura

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

IHU On-Line

Saiba o que os colegas da comunidade estão lendo

“Estou lendo El curioso incidente del perro a la medianoche, de Mark Haddon (12. ed. Barcelona: Salamandra, 2006. 272p.). A morte de Wellington, o cachorro de uma vizinha, desencadeia essa narrativa de ficção que tem como protagonista Christopher, um jovem de 15 anos morador de uma cidade do interior da Inglaterra. A busca por descobrir o assassino de Wellington se converte na descoberta de que o mundo adulto é muito menos seguro e ordenado que a racionalidade através da qual, desde seu quarto e da sala de aula, Christopher sabe explicar a teoria da relatividade, recitar os números primos até 7.507, localizar as capitais de todos os países do mundo ou, ainda, manter a um rato como animal de companhia. Divertida e questionadora, a obra tem a autoria de Mark Haddon, inglês de 42 anos, que é ilustrador, pintor, poeta e professor de escrita criativa. Haddon é autor de 15 livros infantis.”

*Mark Haddon - El curioso incidente del perro a la medianoche (12. ed. Barcelona: Salamandra, 2006. 272p.)

Denise Cogo é professora titular do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Unisinos onde coordena o grupo de pesquisa Mídia e Multiculturalismo. Realiza, atualmente, pós-doutorado na Universidade Autônoma de Barcelona, com o apoio da Capes e Unisinos.

“Atualmente leio a obra Pensamento Sistêmico: caderno de campo, de Aurélio L. Andrade, Acyr Seleme, Luis Henrique Rodrigues e Rodrigo Souto (Editora Bookman, 2006, 488 páginas). Este livro aborda, de diferentes formas, a temática do Pensamento Sistêmico. Pela característica de ser um caderno de campo, contribui com exemplos e aplicações reais do Pensamento Sistêmico. Duas questões chamam a atenção no livro: a) sua organização; b) quantidade de contribuições de autores convidados. A organização feita por trilhas, torna a leitura menos cansativa do que em livros com quantidade de páginas similares. Além disso, torna rápida a absorção de conhecimentos para aqueles que se interessam por algum tema específico. A contribuição de diferentes autores é feita de forma apropriada. Não se trata de um conjunto de textos soltos, pelo contrário, traz profundidade nos temas específicos. Além disso, traz uma pluralidade de opiniões que torna a obra enriquecedora. O livro é indicado para os interessados em Pensamento Sistêmico em diversos níveis. A características das trilhas, contribui nos sentido de haver dentro de um mesmo livro, diversos livros. Sem dúvida, é um texto para se ter na cabeceira.”

*Acyr Seleme, Luis Henrique Rodrigues e Rodrigo Souto - Pensamento Sistêmico: caderno de campo (Editora Bookman, 2006, 488 páginas)

Daniel Lacerda é mestre em Administração pela Unisinos e doutorando em Engenharia de Produção pela COPPE/UFRJ. É professor da Universidade na Graduação em Administração na Unisinos e na Especialização Lato Sensu em diversas Universidades. Possui publicações científicas nas áreas de Administração e de Engenharia de Produção e desenvolve projetos de pesquisa aplicada em diversas organizações. Atualmente, é Gerente de Desenvolvimento da Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-Graduação.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição