Edição 264 | 30 Junho 2008

Destaques On-Line

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

IHU Online

Essa editoria veicula notícias que foram destaques nas Notícias do Dia do sítio do IHU

Entrevistas especiais feitas pela IHU On-Line disponíveis nas Notícias do Dia do sítio do IHU (www.unisinos.br/ihu) de 23 a 28-06-2008

Mudanças climáticas e o Brasil: conseqüências reais, soluções viáveis
Entrevista com Carlos Nobre
Confira nas Notícias do Dia 23-06-2008
Entender as mudanças climáticas e buscar soluções para as suas conseqüências no território brasileiro é a intenção do programa Rede-Clima. Nesta entrevista, é possível compreendermos como essa problemática está sendo trabalhada aqui no país.

Movimentos sociais e autonomia frente ao governo
Entrevista com Antonio Marcio Buainain
Confira nas Notícias do Dia 24-06-2008
O economista traça, nesta entrevista, um perfil da luta dos movimentos sociais pela terra. Para ele, os conflitos são inerentes ao avanço da democracia.

TV Digital: um mal-estar no ar
Entrevista com César Bolaño
Confira nas Notícias do Dia 25-06-2008
A TV Digital tem apenas seis meses de vida no Brasil, mas todas as promessas feitas em sua concepção não têm nem prazo para se efetivarem. O professor Bolaño fala, nesta entrevista, sobre as expectativas geradas em torno da novidade e do que falta para que possamos utilizá-las de fato.

Autonomia e diálogo. 1ª Conferência do Movimento Homossexual
Entrevista com Luiz Mott
Confira nas Notícias do dia 26-06-2008
“Nós esperamos que todas as centenas de propostas afirmativas feitas pelo movimento homossexual ao governo federal saiam do papel e em breve se tornem realidade, diminuindo o preconceito que ainda é muito forte no Brasil contra a população GLBT”, afirma o antropólogo.

Por uma mídia livre, mas de qualidade
Entrevista com Ermanno Allegri
Confira nas Notícias do Dia 27-06-2008
Uma análise do 1º Fórum de Mídia Livre é o que faz o diretor executivo da Adital nesta entrevista. Para ele, por mais livre e colaborativa que esse novo meio venha a ser, a formação é fundamental para garantir a qualidade do trabalho desenvolvido.

China: duas moedas de um mesmo país
Entrevista com Nicolas Standaert
Confira nas Notícias do Dia 28-06-2008
Para o sinólogo belga, jesuíta, a China tinha uma estrutura econômica, política e cultural muito aperfeiçoada. No meio do século XIX, entretanto, o mundo mudou, com a Revolução Francesa, com as guerras napoleônicas, com a industrialização, com a iluminação, com o estabelecimento de universidades modernas.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição