Edição 257 | 05 Mai 2008

O capitalismo visto pelo cinema: “Como era verde meu vale”

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Bruna Quadros

O Centro de Apoio e o Centro de Apoio e Pesquisa aos Trabalhadores (CEPAT) vai exibir o filme Como era verde meu vale

Para dar seguimento ao ciclo de debates que integram o evento O capitalismo visto pelo cinema, o Centro de Apoio e o Centro de Apoio e Pesquisa aos Trabalhadores (CEPAT) vai exibir o filme Como era verde meu vale. A exibição da obra, cujo título original é “How green was my valley”, dirigida por John Ford, será no dia 17 de maio, no Sindicato dos Engenheiros – SENGE/PR, das 08h30min às 12h30min. A partir do filme, serão estabelecidas relações entre o atual modelo de sociedade e a ordem mercantil.

Identificar os códigos usados em cada um dos filmes que serão exibidos, estabelecendo uma relação à compreensão científica do capitalismo, além de relacionar o desenvolvimento do capitalismo com as atuais formas de organização econômica e social, são os objetivos do evento, realizado em parceria com o Instituto Humanitas Unisinos – IHU. A atividade tem entrada gratuita.

Para saber mais...

O filme conta a história da família Morgan em um pequeno vale de mineradores de carvão, e como o pai deles quer que seus filhos tenham uma vida melhor com menos exploração do trabalho. Vencedor do Oscar de melhor filme, Como era verde meu vale desbancou o clássico Cidadão Kane, em 1941, quando a Academia preferiu premiar um trabalho mais “seguro” e otimista, em plena Guerra Mundial.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição