Edição 514 | 30 Outubro 2017

A glória como arcano central do poder e os vínculos entre oikonomia, governo e gestão

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

A edição 127 do Cadernos Teologia Pública, publicado pelo Instituto Humanitas Unisinos – IHU, apresenta o texto A glória como arcano central do poder e os vínculos entre oikonomia, governo e gestão, de Colby Dickinson, doutor em Teologia pela Katholieke Universiteit Leuven e mestre em Estudos Religiosos e Teologia pela Duke Divinity School, pela Saint Louis University e pela Katholieke Universiteit Leuven.

O artigo analisa a glória como arcano central do poder, nos seus múltiplos vínculos estabelecidos, tendo como referência a contribuição de Giorgio Agamben. Tal contribuição está na proposição de uma interpretação teológica particular que não foi manifestada explicitamente dentro da maioria das explicações histórico-teológicas da relação do cristianismo com formas econômicas. Isso significa uma reflexão crítica para que estabelecendo uma suspensão messiânica não perpetue, mesmo que revestido esteticamente, a articulação e a justificação do poder soberano, por parte de Deus, da humanidade e da Igreja em termos muito reais e mundanos.

Acesse versão completa do artigo.

 Esta e outras edições do Cadernos Teologia Pública também podem ser obtidas diretamente no Instituto Humanitas Unisinos – IHU, no campus São Leopoldo da Unisinos (Av. Unisinos, 950), ou solicitadas pelo endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Informações pelo telefone (51) 3590–8213.

Últimas edições

  • Edição 551

    Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

    Ver edição
  • Edição 550

    Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

    Ver edição
  • Edição 549

    Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

    Ver edição