Edição 500 | 13 Março 2017

Biomas brasileiros e a teia da vida

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Numa definição mais ampla, bioma pode ser compreendido como áreas de pequena escala, tipos de habitat ou de ecossistema. Apesar de englobar tanto as plantas quanto os animais e microrganismos de um determinado local, na prática, se define pelo clima e pela fisionomia ou aparência geral das plantas da comunidade. A definição não é unânime entre os cientistas. O antropólogo Altair Sales Barbosa, um dos entrevistados desta edição da IHU On-Line, por exemplo, é crítico dessa classificação. Para ele, o conceito de bioma “tende a enfatizar ou realçar um clímax vegetacional, muitas vezes não corroborado pela história evolutiva do espaço em questão”. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE compreende o termo como um sinônimo de "província biogeográfica". É nessa perspectiva que o IBGE elabora, em 2004, em parceria com o Ministério de Meio Ambiente, o Mapa de Biomas do Brasil.

Segundo o mapa, o Brasil possui seis grandes biomas. São eles: Pampa, Pantanal, Mata Atlântica, Cerrado, Caatinga e Amazônia. O biólogo Rodrigo Castro, que também está entre os entrevistados deste número da IHU On-Line, lembra que a Constituição de 1988 reconhece apenas três como patrimônios nacionais: Mata Atlântica, Amazônia e Pantanal, deixando de fora a Caatinga e o Cerrado. “Há mais de 18 anos tramita no Congresso Nacional uma Proposta de Emenda Constitucional - PEC que visa a corrigir uma injustiça histórica”, explica Castro. O Pampa, segundo o professor, também não está na Constituição e sequer há movimento no sentido de incluí-lo, como no caso dos outros dois.

Entre os biomas classificados pelo IBGE, o Amazônia é o de maior extensão, ocupando 49,29% do território nacional. O menor é o Pantanal, com apenas 1,76% da área do Brasil. O Cerrado compreende 23,92%, seguido pelo bioma Mata Atlântica, com 13,04%, Caatinga com 9,92% e Pampa com 2,07%. Entretanto, sem a perspectiva de levar tão “ao pé da letra” classificações e percentuais, a Campanha da Fraternidade deste ano, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB, quer chamar atenção para a necessidade de olhar para as questões ambientais, como forma de construir um mundo melhor e mais igual para todos.

A ecologia integral é uma das áreas de concentração do Instituto Humanitas Unisinos – IHU que tem publicado, na sua página eletrônica, atualizada diariamente, como também nas suas publicações impressas, amplo e diversificado subsídio sobre o tema em debate nesta edição. E em 2017, promove o ciclo de conferências Os biomas brasileiros e a teia da vida. As atividades iniciam em março e se estendem até junho. Saiba mais.

Eis algumas das publicações do Instituto Humanitas Unisinos - IHU que abordam os biomas brasileiros

Bioma Amazônia

- Amazônia. Verdades e Mitos.

- Ano internacional das florestas. Em defesa da habitabilidade do Planeta.

- "O conjunto da sociedade falhou, por isso o desmatamento aumentou na Amazônia vertiginosamente".

- A escassez de chuvas é uma das consequências do desmatamento na Amazônia.

- Plantação de cana-de-açúcar na Amazônia Legal: “O ciclo se repete com novos desmatamentos”.

- Uso de agrotóxico pode intensificar desmatamento na Amazônia.

- Moratória da soja e os desafios do desmatamento na Amazônia.

- Amazônia. 2015, desmatamento zero.

Bioma Pantanal

- O Pantanal em alerta.

- Pantanal: um bioma ameaçado pelo desmatamento.

- Hidrelétricas comprometem conservação do Pantanal.

- Pantanal ameaçado pelas mudanças climáticas.

- O Pantanal ameaçado.

- Os riscos do aquecimento global para o Pantanal.

- Pantanal: um bioma ameaçado pelo desmatamento.

Bioma Cerrado

- Cerrado. O pai das águas do Brasil e a cumeeira da América do Sul.

Bioma Caatinga

- Caatinga: um bioma exclusivamente brasileiro... e o mais frágil.

- Desmatamento silencioso da Caatinga tem intensificado a desertificação do semiárido brasileiro.

- Caatinga, um bioma desconhecido e a "Convivência com o Semi Árido".

- Desmatamento silencioso da Caatinga tem intensificado a desertificação do semiárido brasileiro.

Bioma Mata Atlântica

- Reflorestamento da Mata Atlântica: não existem mudas suficientes para recuperar a floresta.

- A Mata Atlântica fragmentada.

- Mata Atlântica: "Somos muito mais responsáveis pela derrubada da mata do que a economia mundial e seus padrões".

- O Brasil é um país bovino. O Estado brasileiro sinaliza que apoia o desmatamento, apesar de políticas setoriais de controle.

Bioma Pampa

- O Pampa e o monocultivo do eucalipto.

- Pampa. Silencioso e desconhecido.

- Falta controle sobre a poluição por agrotóxicos das águas do Pampa.

- Pampa: um espaço de transição.

- O Pampa padece com a silvicultura.

- O pampa alterado.

- Pampa. Um bioma em risco? A plantação de pínus e eucaliptos.

- Silvicultura: a praga do pampa gaúcho?

- Somente 41% do pampa gaúcho está preservado, revela mapeamento do Bioma.

- O pampa gaúcho entregue às multinacionais.

- Monoculturas podem decretar o fim dos pampas.

Bioma Araucária

- Floresta de Araucária: uma teia ecológica complexa.

Últimas edições

  • Edição 551

    Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

    Ver edição
  • Edição 550

    Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

    Ver edição
  • Edição 549

    Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

    Ver edição