Edição 475 | 19 Outubro 2015

Retrovisor

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Redação

Releia algumas edições já publicadas da IHU On-Line
Gerard Manley Hopkins: poeta e místico. Do cotidiano imediato ao plano cósmico

Gerard Manley Hopkins: poeta e místico. Do cotidiano imediato ao plano cósmico 

Edição 282 - Ano VIII – 17-11-2008

Gerard Manley Hopkins, poeta e místico inglês, é o tema de capa da revista IHU On-Line de número 282. Considerado um dos maiores autores da literatura universal, jesuíta, sua obra é analisada e discutida por alguns poetas, tradutores e professores de Literatura. Contribuem para a discussão Alípio Correia de Franca Neto, Paulo Henriques Britto, Claudio Daniel, Aníbal Gil Lopes, Aurora Bernardini, John Milton, Wiliam Alves Biserra, Thomas Burns, Dirceu Villa, Marcus Motta e Thiago Ponce de Moraes. A revista ainda traz uma antologia de poemas de Gerard Manley Hopkins. Há traduções do poeta e tradutor Augusto de Campos, que gentilmente permitiu a republicação, pois elas já foram publicadas no livro “Hopkins: a beleza difícil”. 

 

Fenomenologia do espírito de Georg Wilhelm Friedrich Hegel. 1807-2007

Edição 217 - Ano VII – 30-04-2007

Em 1807, Georg Wilhelm Friedrich Hegel publicava a Fenomenologia do espírito. Para avaliar a importância dessa obra 200 anos após seu lançamento, contribuem na edição 217 da IHU On-Line os seguintes estudiosos de Hegel: José Henrique Santos, ex-reitor da UFMG; Walter Jaeschke, diretor do Hegel-Archiv, na Ruhr-Universität Bochum, Alemanha; Pierre-Jean Labarrière, do Centro Sèvres de Paris e Eduardo Luft, professor de filosofia da PUC-RS. Outros entrevistados são Carlos Roberto Velho Cirne Lima, um dos maiores estudiosos e especialistas brasileiros de Hegel, professor do PPG em Filosofia da Unisinos; Prof. Dr. Marcelo Fernandes de Aquino, reitor da Unisinos, e Paulo Gaspar de Meneses, tradutor da Fenomenologia do espírito para a língua portuguesa.

 

Nietzsche Filósofo do martelo e do crepúsculo

Edição 127 - Ano IV – 13-12-2004

A edição 127 da revista IHU On-Line comemora os 160 anos do nascimento de Nietzsche. O número discute o legado desse filósofo que, ao lado de Freud e Marx, é apontado como um dos responsáveis pela revolução das técnicas de interpretação. Ele rompe com as interpretações morais da História e condena a Filosofia tradicional, acusando-a de apenas dominar o passado. Do martelo de Nietzsche nasce uma crítica impiedosa da modernidade. De tudo suspeita. Seu pensamento denuncia preconceitos, demonstra estratégias, critica os valores vigentes. Seus escritos repercutiram na literatura, nas artes plásticas, na música, na psicanálise, nas ciências humanas. Contribuem para os debates Scarlett Marton, Paul Valadier, Alberto Onate e Vânia Dutra de Azeredo.

Últimas edições

  • Edição 551

    Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

    Ver edição
  • Edição 550

    Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

    Ver edição
  • Edição 549

    Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

    Ver edição