Edição 205 | 20 Novembro 2006

Milton Friedman

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

IHU Online

(1912-2006)

Confira o artigo sobre o economista Milton Friedman, um dos mais do século XX e um dos mais influentes teóricos do liberalismo econômico, nas Notícias Diárias do dia 17-11-2006 no sítio do IHU (www.unisinos.br/ihu). Leia também a matéria a respeito do evento Ciclo Repensando os Clássicos da Economia, onde a obra de Friedman foi o tema, discutido pelo Prof. Dr. da Unisinos Roberto Camps, nas Notícias Diárias do dia 25-10-2006.

Milton Friedman sempre defendeu idéias que, a princípio, causaram grande polêmica, mas com o tempo revelaram-se soluções econômicas sensatas e desejáveis. Defendeu a extinção pura e simples do Federal Reserve (Banco Central americano) e do Fundo Monetário Internacional porque suas equivocadas políticas monetárias têm causado enormes danos à economia americana e à mundial.

Demonstrou em suas obras como economia de mercado pode trazer mais prosperidade e riqueza para os indivíduos do que qualquer outra forma de organização social. Também deu uma série de conselhos práticos para diminuir o tamanho do Estado e deixar os cidadãos mais livres para perseguirem seus próprios objetivos.

Por suas realizações nos campos da análise do consumo, da história monetária e da teoria e demonstração da complexidade da política de estabilização, ele ganhou o Prêmio Nobel de Economia de 1976. 

 

 

 

 

 

Últimas edições

  • Edição 515

    Renúncia suprema. O suicídio em debate

    Ver edição
  • Edição 514

    Lutero e a Reforma – 500 anos depois. Um debate

    Ver edição
  • Edição 513

    Bioética e o contexto hermenêutico da Biopolítica

    Ver edição