Edição 547 | 05 Abril 2021

O Papa Francisco, a Igreja e a ética teológica. Alguma coisa mudou? | adernos Teologia Pública

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).


 

Este ensaio pergunta-se se algo doutrinal ou moral mudou na Igreja Católica durante o pontificado do Papa Francisco. Para responder a essa questão, consideramos os seus ensinos sobre igreja, prática pastoral, éticas social e sexual e mudança climática. A nossa resposta é que Francisco não alterou nada em termos doutrinais, mas transformou seriamente a abordagem pastoral da Igreja junto aos católicos e as questões morais que os afligem.


 

Michael G. Lawler é professor emérito em Teologia na Universidade de Creighton. Publicou em coautoria com Todd A. Salzman The Sexual Person: Toward a Renewed Catholic Anthropology (Georgetown, 2008), livro este também publicado em português com o título “A Pessoa sexual. Por uma antropologia católica renovada” (Editora Unisinos, 2012).


 

Todd A. Salzman é professor emérito em Teologia na Universidade de Creighton. Publicou em coautoria com Michael G. Lawler The Sexual Person: Toward a Renewed Catholic Anthropology (Georgetown, 2008), livro este também publicado em português com o título “A Pessoa sexual. Por uma antropologia católica renovada” (Editora Unisinos, 2012).

Últimas edições

  • Edição 547

    Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

    Ver edição
  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição