Edição 509 | 21 Agosto 2017

Destaques On-Line

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Confira algumas entrevistas publicadas no sítio do Instituto Humanitas Unisinos – IHU na última semana.

Populismo pós-estrutural de Laclau e Multidão de Negri-Hardt: caminhos para compreender o nosso tempo

Numa primeira incursão na teoria do argentino Ernesto Laclau, é possível associar algumas de suas perspectivas às do italiano Antonio Negri. Afinal, ambos se veem diante de movimentações políticas em que a mobilização de teorias existentes parece não dar mais conta de explicar.

Bruno Cava é graduado e pós-graduado em Engenharia de Infraestrutura Aeronáutica e graduado e mestre em Direito. Participa da rede Universidade Nômade e é coeditor das revistas Lugar Comum e Global Brasil.

***
Inteligência artificial – A disputa entre a busca da eficiência e os desafios ético-morais

O desenvolvimento e o uso das tecnologias, a exemplo da inteligência artificial, precisaria considerar uma distinção importante entre, de um lado, a eficiência e, de outro, os princípios morais.

Brian Green é mestre e doutor em Ética e Teoria Social pela Graduate Theological Union, em Berkeley, na Califórnia, e graduado em Genética pela Universidade da Califórnia.

***
Os likes são um combustível, mas é preciso sair da zona de conforto ideológica da timeline para construir a democracia

Se de um lado as tecnologias digitais permitem a interação entre grupos de interesse, modificam e potencializam a capacidade de mobilização de movimentos e criam até mesmo um ativismo que expressa “um estilo de vida e de uma prática cotidiana”, de outro, é possível constatar “apenas uma ação performática mal ensaiada e sem maiores consequências.

Marcelo Barreira é graduado, mestre e doutor em Filosofia. É professor da Universidade Federal do Espírito Santo - UFES.

***
Eficiência e equidade combinadas - Pilares para uma consolidação fiscal mais solidária

Uma proposta de tributação moderna tem que combinar pelo menos dois aspectos: de um lado, a eficiência e, de outro, a equidade.

Rodrigo Orair é graduado em Ciências Econômicas e mestre em Teoria Econômica. Dirige a Instituição Fiscal Independente - IFI do Senado, que foi criada no final de 2016 com o objetivo de ampliar a transparência nas contas públicas.

***
O drama venezuelano, o fim do chavismo democrático e a ascensão do castrismo

Depois de um regime totalitário com Chávez e uma ditadura cívico-militar “que se consumou com o golpe de Estado que Maduro deu”, hoje os venezuelanos estão “experimentando outro giro no ordenamento da realidade política atual depois da instalação da Assembleia Constituinte”.

Rafael Luciani é doutor em Teologia e em Filosofia e professor na Universidade Católica Andrés Bello, em Caracas, na Pontifícia Universidade Salesiana, de Roma, e no Boston College nos EUA.

Últimas edições

  • Edição 539

    Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

    Ver edição
  • Edição 538

    Grande Sertão: Veredas. Travessias

    Ver edição
  • Edição 537

    A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

    Ver edição