Edição 506 | 05 Junho 2017

Editorial - Os coletivos criminais e o aparato policial. A vida na periferia sob cerco

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Metrópoles, políticas públicas e tecnologias de governo tem sido o tema de quatro ciclos de estudos realizados nos últimos dois anos pelo Instituto Humanitas Unisinos – IHU. Neste ano, a realização do 5º Ciclo buscou compreender as dinâmicas das periferias e a (re)produção da(s) metrópole (s). O amplo material resultou em entrevistas e notas publicadas nas Notícias do Dia, atualizadas diariamente pela página do IHU, em publicações e vídeos igualmente disponíveis no mesmo local.

No decorrer dos debates, o tema da violência e dos coletivos de crime emergiu como um fenômeno que marca a vida na periferia colocando-a, inspirados no título de uma pesquisa sobre o tema, sob o cerco. Sob o cerco da guerra de uns contra outros.

Pesquisadores e pesquisadoras, de diferentes áreas do conhecimento, analisam o tema na presente edição da revista IHU On-Line, trazendo importantes aproximações que contribuem para uma melhor compreensão do que comumente se denomina de periferia das metrópoles.

Participam no debate Luiz Antonio Machado da Silva, professor do Instituto de Estudos Sociais e Políticos na Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UFRJ, Daniel Hirata, professor no Departamento de Sociologia e Metodologia em Ciências Sociais da Universidade Federal Fluminense – UFF, antropóloga Carolina Grillo, pós-doutoranda do departamento de sociologia da Universidade de São Paulo – USP, vinculada ao projeto temático intitulado "A gestão do conflito na cidade contemporânea", Luís Flávio Sapori, professor do curso de Ciências Sociais e coordenador do Centro de Estudos e Pesquisa em Segurança Pública - CEPESP da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas, Juliana Melo, professora do Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, Marcelli Cipriani, formada em Direito, Ciências Sociais e mestranda no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da PUCRS e o jornalista e professor universitário Francisco Amorim.


Ainda nesta edição pode ser lida a resenha do livro A quarta revolução industrial (São Paulo: Edipro, 2016), de Klaus Schwab, elaborada por Cesar Sanson, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN além dos artigos de Fernando Del Corona, sobre o filme Corra! (2017), e de Gabriel Adam sobre o acordo do Oriente Médio com o Ocidente.

A todas e a todos, uma boa leitura e uma excelente semana.

Últimas edições

  • Edição 509

    Henry David Thoreau - A desobediência civil como forma de vida

    Ver edição
  • Edição 508

    Populismo segundo Ernesto Laclau. Chave para uma democracia radical e plural

    Ver edição
  • Edição 507

    Gênero e violência - Um debate sobre a vulnerabilidade de mulheres e LGBTs

    Ver edição