Edição 310 | 26 Julho 2010

João Cabral de Mello Neto - uma biografia

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

IHU On-Line

9 de janeir de 1920, Recife - 9 de outubro de 1999, Rio de Janeiro

João Cabral de Mello Neto foi um poeta e diplomata brasileiro. Sua obra poética, caracterizada pelo rigor estético, com poemas avessos a confessionalismos e marcados pelo uso de rimas toantes, inaugurou uma nova forma de fazer poesia no Brasil. Irmão do historiador Evaldo Cabral de Melo e primo do poeta Manuel Bandeira e do sociólogo Gilberto Freyre, João Cabral foi amigo do pintor Juan Miró e do poeta Joan Brossa. Membro da Academia Pernambucana de Letras e da Academia Brasileira de Letras, foi agraciado com vários prêmio literários.

Obra

Pedra do Sono (1942)

Os Três Mal-Amados (1943)

O Engenheiro (1945)

Psicologia da Composição com a Fábula de Anfion e Antiode (1947)

O Cão sem Plumas (1950)

O Rio ou Relação da Viagem que Faz o Capibaribe de Sua Nascente à Cidade do Recife (1954)

Dois Parlamentos (1960)

Quaderna (1960)

A Educação pela Pedra (1966)

Morte e Vida Severina (1966)

Museu de Tudo (1975)

A Escola das Facas (1980)

Auto do Frade (1984)

Agrestes (1985)

Crime na Calle Relator (1987)

Primeiros Poemas (1990)

Sevilha Andando (1990)

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição