Edição 230 | 06 Agosto 2007

Frases da Semana

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

IHU Online

SÍNTESE DAS FRASES PUBLICADAS DIARIAMENTE NAS NOTÍCIAS DO DIA NO SÍTIO DO IHU.

TAM

“Não é possível que todos os dias, mas todos os dias mesmo, os aviões da TAM apresentem problemas e isso não signifique nada” – um dos membros do Conac, ao confirmar que a manutenção dos aviões da TAM é um dos assuntos especiais a ser discutido hoje na reunião do Conselho Nacional de Aviação Civil (Conac) – O Estado de S. Paulo, 30-07-2007.

“Se o reverso não quebrasse, se a Airbus não liberasse vôos mesmo assim, se a TAM tivesse rigor na manutenção e no treinamento de pilotos, se o governo e a Anac fiscalizassem devidamente, se a pista tivesse mais de 1.940 metros e área de escape... talvez Kleiber Lima e Di Sacco tivessem tido tempo e margem de manobra para salvar 200 vidas. Inclusive as próprias” - Eliane Cantanhêde, jornalista - Folha de S. Paulo, 31-07-2007.

“(Marco)Bologna, (presidente da TAM) embromou deputados dentro das dependências da Câmara. Há duas relevâncias nesse episódio. Primeiro, demonstra o empenho com que o presidente da maior companhia aérea do Brasil tenta eximir a TAM de qualquer responsabilidade no caso. OK. A esperteza está embutida no valor do salário do executivo” – Fernando Rodrigues, jornalista – Folha de S. Paulo, 4-08-2007.

"A TAM pratica capitalismo selvagem com tapete vermelho" - um observador da cena aérea nacional, sobre a empresa líder do setor – Folha de S. Paulo, 5-08-2007.


A320

“A família A320 (A319/320/321), que tem basicamente o mesmo sistema de controle aéreo, tem uma taxa de 0,57 acidentes graves por 1 milhão de decolagens. A média mundial é de 1,68 acidentes graves por 1 milhão de decolagens, o que dá ao A320 um histórico de boa segurança” - Kenneth Funk 2º, investigador de causas de desastres aéreos – Folha de S. Paulo, 5-08-2007.

“A família A320 sofreu apenas sete acidentes nos quais passageiros ou tripulantes saíram feridos em 19 anos. Foram cerca de 50 milhões de vôos. Acho que cerca de 49.999.989 vôos seguros num total de 50 milhões é uma boa marca” – Peter Ladkin, investigador de causas de desastres aéreos – Folha de S. Paulo, 5-08-2007.


Nelson 2010 Jobim

“O êxito de Nelson Jobim na Defesa tiraria o governo das cordas e credenciaria o ex-presidente do STF a ser um protagonista em 2010” – André Singer, jornalista e cientista político, ex-porta-voz da Presidência da República (governo Lula) - Folha de S. Paulo, 31-07-2007.

“Quando a mulher de um político bota uma coisa na cabeça, ninguém tira. Ou vocês acham que cheguei até aqui sozinho? Escrevam: a mulher do Jobim colocou na cabeça que ele tem que ser presidente da República, e ele vai fazer de tudo para chegar lá” - José Sarney, senador pelo PMDB-AP – O Globo, 4-08-2007.


PAN

“Gastamos R$ 4 bilhões pra ficar atrás de Cuba. Com essa grana, a gente comprava Cuba e ainda ficava em segundo!” - José Simão, jornalista - Folha de S. Paulo, 31-07-2007.

“Em 2002, quando da candidatura do Rio, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) estimou gastos de R$ 414 milhões (corrigidos pela inflação), a maioria em recursos oriundos da iniciativa privada. Cinco anos depois, verifica-se que a conta foi multiplicada por nove: a aventura ficou em R$ 3,7 bilhões, tudo pago pelo contribuinte” - Editorial do jornal Folha de S. Paulo, 31-07-2007.

“A reforma do  Maracanã  custou R$ 294 milhões,  quantia mais do que o suficiente para erguer um estádio novo - o de Leipzig, usado na Copa de 2006 na Alemanha, saiu por R$ 244 milhões” - Editorial do jornal Folha de S. Paulo - 31-07-2007.


Muro

“Quero deixar claro o repúdio do povo argentino, de quem vos fala e daqueles que me acompanham, à construção do indigno muro que se está construindo entre a nação irmã do México e  os EUA” – Néstor Kirchner, presidente da Argentina – Página/12, 1-08-2007.


Chantagem

“Colocá-lo (Luiz Paulo Conde) em Furnas a partir de uma pressão (do PMDB) que está a milímetros da chantagem é jogo sujo que acabará mal, talvez no escuro” - Elio Gaspari, jornalista – Folha de S. Paulo, 1-08-2007.

"Tudo bem Conde não ser eletricista, mas ele que se cuide com os curto-circuitos da corrupção” - Dr. Rosinha, deputado federal do PT-PR, sobre o ex-prefeito do Rio Luiz Paulo Conde, do PMDB, que se defende das críticas à sua indicação para a presidência de Furnas alegando que não é preciso ser eletricista para dirigi-la; a estatal ocupou o noticiário durante o escândalo do mensalão – Folha de S. Paulo, 4-08-2007.


Imoral

“Eu sou imoral, devasso, depravado, se você preferir, mas pago meus impostos e estou em situação legal” – Oscar Maroni Filho, proprietário da casa de diversões masculinas Bahamas, na zona sul de São Paulo, próximo do aeroporto de Congonhas, que se define como “empresário do erotismo” antes de emendar que já dormiu com 1.500 mulheres – O Estado de S. Paulo, 1-08-2007.


Vaias

"Se alguns quiserem brincar com a democracia, eles sabem que neste país ninguém sabe colocar mais gente na rua do que eu. Eles sabem” – Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República – Folha de S. Paulo, 1-08-2007.

"Os que estão vaiando são os que mais deveriam estar aplaudindo, posso garantir que foram os que ganharam muito dinheiro neste país, no meu governo. Aliás, a parte mais pobre é que deveria estar mais zangada, porque ela teve menos do que eles tiveram. É só ver quanto ganham os banqueiros, os empresários, e vamos continuar fazendo política sem discriminação” - Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República – Folha de S. Paulo, 1-08-2007.


Elite

“Um governo em que as principais políticas econômicas são determinadas por um banqueiro como Henrique Meirelles é contra a elite? Francamente ridículo” – Clóvis Rossi, jornalista – Folha de S. Paulo, 1-08-2007.

“A classe média obedece muito a impulsos provenientes da mídia. Ela não tem tradição de mobilização: explode e recua, explode e recua. Ela não quer transformar coisas. Protesta contra algo que não lhe agrada, mas depois volta ao normal” - Ricardo Amorim, economista – Folha de S. Paulo, 3-08-2007.

“A quem interessa derrubar Lula, que tem tão bom trânsito entre o empresariado e base de sustentação partidária tão conservadora? Parece que, assim como nas ditaduras militares o discurso do ‘inimigo externo’ coesionava, no governo Lula tudo se justifica em função das ‘ameaças da direita’” – Chico Alencar, deputado federal – PSOL-RJ – O Globo, 1-08-2007.


Crise aérea

“Cachorro que tem muitos donos morre de fome porque ninguém cuida” – Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República, referindo-se ao setor aéreo – O Estado de S. Paulo, 3-08-2007.

“Todo o sistema está com metástase, mas o paciente não sabia, e precisamos resolver” – Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República, referindo-se ao setor aéreo – O Estado de S. Paulo, 3-08-2007.

Ponte

“Deve ser terrível viver num país como os EUA, onde o governo nada fez para evitar a queda da ponte sobre o Rio Mississipi” – Ancelmo Gois, jornalista – O Globo, 4-08-2007.

Herói

“(Daniel) Dantas é o herói da privatização brasileira” - Paulo Henrique Amorim, jornalista, comentando a compra da Telemig pela Vivo – no seu blog Conversa afiada, 3-08-2007.


Celular

“Nem os futurologistas mais ousados previam que o celular se transformasse, em tão pouco tempo, em receptor móvel de TV digital” – Ethevaldo Siqueira, jornalista – O Estado de S. Paulo, 5-08-2007.


TV móvel

“Não tenho dúvida de que a TV móvel é o futuro. Em menos de 10 anos, ela será nosso modo principal de ver televisão, oferecendo-nos novas opções de acesso ao seu conteúdo a qualquer hora e em qualquer lugar, sejam filmes, novelas, partidas de futebol, jogos olímpicos ou telejornais” - Marco Aurélio de Almeida Rodrigues, presidente da Qualcomm do Brasil – O Estado de S. Paulo, 5-08-2007.

Últimas edições

  • Edição 546

    Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

    Ver edição
  • Edição 545

    Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

    Ver edição
  • Edição 544

    Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

    Ver edição